Alguns recursos dependem da execução de javascript
Esse site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você concorda com suas condições.

CURSO O papel das bibliotecas comunitárias na formação leitora

Modalidade
On-line autoformativo
Carga horária
8 horas
Público
Gestores de organizações da sociedade civil, Equipe administrativa de organizações da sociedade civil, Equipe pedagógica de organizações da sociedade civil, Outros
Certificado
Sim

Como bibliotecas comunitárias podem fortalecer suas ações para a promoção da leitura e da postura ativa e cidadã das pessoas da comunidade onde ela está inserida.

Modalidade
On-line autoformativo
Carga horária
8 horas
Público
Gestores de organizações da sociedade civil, Equipe administrativa de organizações da sociedade civil, Equipe pedagógica de organizações da sociedade civil, Outros
Certificado
Sim

Como bibliotecas comunitárias podem fortalecer suas ações para a promoção da leitura e da postura ativa e cidadã das pessoas da comunidade onde ela está inserida.

Objetivo

Promover a reflexão sobre a importância do direito à leitura e à literatura, gerando iniciativas em bibliotecas comunitárias que favoreçam a formação de sujeitos críticos e atuantes na busca da garantia de direitos mais amplos como cidadãos.

Conteúdo programático
  • O direito à literatura
  • O que são bibliotecas comunitárias e qual seu papel na promoção da leitura e da literatura
  • Estratégias de atuação: 
    • Leitura e formação de leitores nas comunidades
    • Práticas de leitura nos territórios
    • Mobilização de atores para a promoção do acesso à leitura e literatura e para a construção de políticas públicas de garantia do direito à leitura e à literatura
  • Práticas das bibliotecas comunitárias para a promoção da leitura literária:
    • Organização e princípios norteadores das bibliotecas comunitárias
    • Espaço, acervo, mediação, enraizamento comunitário, comunicação e gestão compartilhada
    • Experiências promotoras do direito à leitura e à literatura
Expectativas de aprendizagem

Reconhecer o direito universal ao livro, à leitura e à literatura, identificar e implementar práticas e estratégias adotadas por bibliotecas comunitárias para a democratização do acesso e para a garantia desse direito.

Ficha técnica

Realização: Itaú Social

Apoio para produção de conteúdo: Neide Almeida (Escritório São Paulo) e Janine Durand (Jnana Consultoria)

Leitura crítica: Dianne Melo e Karina Garcia

Coordenação do projeto: Gabriela Jorge

Coordenação de Formação: Cláudia Sintoni

Solução de aprendizagem, edição e finalização: Afferolab

Autores
Entre-Redes
Área de formação e produção de conhecimento da RNBC