Alguns recursos dependem da execução de javascript
Esse site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você concorda com suas condições.

CURSO Reorganização das atividades pedagógicas

Modalidade
On-line autoformativo
Carga horária
4 horas
Público
Professores, Técnicos de secretaria, Gestores públicos
Certificado
Sim

As mudanças nas práticas pedagógicas considerando novos tempos, espaços, agrupamentos e materiais de ensino para as aprendizagens.

Modalidade
On-line autoformativo
Carga horária
4 horas
Público
Professores, Técnicos de secretaria, Gestores públicos
Certificado
Sim

As mudanças nas práticas pedagógicas considerando novos tempos, espaços, agrupamentos e materiais de ensino para as aprendizagens.

Objetivo do curso

Apoiar equipe da secretaria de educação no planejamento pedagógico considerando a necessidade de recomposição das aprendizagens considerando novos tempos e espaços de ensinar e aprender e as discussões sobre ensino híbrido.

Conteúdo programático
  • Concepções do ensino híbrido;
  • Recomendações das normativas;
  • O ensino híbrido e sua relação com a educação integral e a BNCC;
  • A articulação entre as atividades pedagógicas presenciais e não presenciais;
  • Modalidades organizativas e diferentes agrupamentos;
  • Planejamento de professores com base no ensino híbrido e condições para que ele seja implementado;
  • O potencial da aprendizagem mediada pelas TICs;
  • Formação de gestores escolares e professores mediada pelas tecnologias de informação e comunicação;
  • Diagnóstico de acesso à internet na rede.
Expectativa de aprendizagem
  • Compreender os diferentes significados existentes dentro do termo ensino híbrido;
  • Compreender os ajustes necessários para um planejamento pedagógico que responda às necessidades atuais de aprendizagens dos estudantes;
  • Buscar oportunidades de aprimoramento, elaborando planejamento alinhado às premissas pedagógicas do currículo, com atividades pedagógicas presenciais e não presenciais articuladas e com foco especial na garantia da competência geral relacionada à vida e a Cultura Digital;
  • Planejar ações formativas para apoiar gestores e educadores na implementação deste planejamento pedagógico, em diálogo com as discussões do ensino híbrido.