Esse site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você concorda com suas condições.

Educação em tempos de crise: dicas de conteúdos, atividades educativas e ferramentas para educadores e famílias

Nos últimos dias, vimos as nossas vidas se transformarem de um modo inesperado. E, para além do grande impacto e apreensão que a pandemia de Covid-19 traz para a economia e sociedade mundial e brasileira, também somos desafiados a pensar novas formas de relação.

Como a orientação é não sair de casa, alguns cumprem suas atividades profissionais a distância, enquanto outros são afastados de suas tarefas e rotinas. Profissionais de saúde, transporte e segurança entre outros lidam para que a estrutura essencial se mantenha.

Neste contexto, parte importante do desafio que enfrentamos é o cuidado das crianças e adolescentes cujas escolas e organizações sociais estão fechadas, o que demanda pensar estratégias para garantir uma interação saudável e a criação de novas rotinas. É desejável que o tempo seja ocupado por diferentes tipos de atividades que incluam colocar o corpo em movimento, realizar momentos de convivência familiar e descontração, ajudar nas atividades da casa e reservar tempo para a hora de estudo.

As famílias podem se sentir despreparadas para lidar com tudo isso. E, de fato, precisamos pensar que as aprendizagens que crianças e adolescentes terão nesse período serão diferentes das que acontecem presencialmente. O que buscamos nesse momento, portanto, é minimizar as perdas que ocorrem aos estudantes que se ausentam por semanas da escola. Nos arranjos familiares experimentamos descobertas que nos acompanham ao longo da vida, como aprender a conviver, colaborar e sermos empáticos, pressupostos que se alinham às competências gerais da Base Nacional Comum Curricular.

Muitas iniciativas têm surgido no universo digital: plataformas abrindo seus conteúdos, artistas e contadores de histórias gravando músicas e histórias que disponibilizam nas redes sociais, todos buscando suavizar e alegrar um pouco a temporada de isolamento.

Mapeamos algumas dessas iniciativas esperando que elas apoiem, inspirem e principalmente nos auxiliem na nova rotina, favorecendo que nos mantenhamos ativos e em contato.

Permanecemos na torcida para que esse tempo seja breve, mas atentos ao fato de que o impacto negativo tem diferentes desdobramentos na vida de cada família. Devido às desigualdades estruturais que vivenciamos em nosso país, essa crise atinge grupos familiares de baixa renda de forma sistêmica, o que aumenta a responsabilidade de todos os profissionais envolvidos com a educação pública em somar forças no apoio à própria rede de educação, aos educadores e às famílias.

Este conteúdo será atualizado semanalmente com novos materiais para consulta. Fique ligado!

Acompanhe as novidades do Polo